Arquivo do autor:muro das divagações

Grandes Esperanças

Este é o primeiro texto que eu escrevo em 2013, como tal não poderia ter outro título se não um que espelha aquilo que pretendo para o ano corrente, grandes esperanças. Usei tal título depois de assistir um filme muito … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Um muro

Esses dias o Gil falou uma coisa e eu tive que dar o braço a torcer. Mais do que nunca esse blog parece com um muro. Quando alguém tem vontade de expressar alguma coisa, vem aqui e picha o muro. … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , | 2 Comentários

Enquanto eu dormia

Ando tão impopular que nem dá vontade de escrever. Se abro a minha boca é para criar polêmica. Há anos levo uma vida sonolenta, pacata, sossegada. Mas tem dias em que me sinto acordada. Estes são os piores. Uma espécie … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 5 Comentários

e quem disse que no mato é silêncio?

do medo de sapo e derivados, passei a lamentar a minha invasão, afinal a casa é deles e não de 4.000 pares de pés urbanos num entra e sai como se fossem raios laser desgovernados. Não vi sequer um, só … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , | 3 Comentários

Tríade

Hoje vi essa foto antiga, de pelo menos 17 anos atrás, e me bateu uma saudade profunda dos meus irmãos, saudade principalmente da gente criança, da gente inocente, da gente eternizando momentos em praças, da gente vivendo uma cumplicidade que … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Prece

No primeiro Natal que estou longe, que ele seja muito mais que uma data, que ele seja um sentimento bom como se sentir em casa ainda se esteja a quilômetros de distância. Que ele seja como a sensação de estar … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Carta a um amigo

Prezado amigo, Pego na pena para escrever nestas mal traçadas linhas e dizer que foi um imenso prazer lhe reencontrar depois de tanto tempo longe de você. Estive em uma de suas casas esses dias, pedi licença, entrei, sua casa … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário