Um muro

Esses dias o Gil falou uma coisa e eu tive que dar o braço a torcer. Mais do que nunca esse blog parece com um muro. Quando alguém tem vontade de expressar alguma coisa, vem aqui e picha o muro. Ou grafita. Enche de cores ou só de frases. Medita.

Eu torço apenas para que não deixemos o muro esquecido. Que nos recordemos de um espaço perdido entre os vãos dos nossos tempos e espaços (moramos em seis cidades diversas, em 3 estados diferentes). Mês que vem faremos um ano de pichações, de grafites. Mês que vem será 1 ano de escritas permanentes.

Dia 13 de maio vou lembrar de abrir uma cerveja e brindar a todos vocês.

Tatiana

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Um muro

  1. Lis Sayuri disse:

    Eu acho que o mais importante que ter um cronograma de post é cada um escrever quando algo sensibilizar. Do nada, no meio da segunda-feira, no sábado solitário de madrugada e deprê e se encharcando no vinho e cerveja e light my fire e bitucas espalhadas e nostalgia de Floripa e Bonnie Tyler ou quem sabe Bridget Jones ou que eu vou fazer da vida ou por que ele(a) não é assim e por que eu não viajo mais ou porque eu vi hoje no busão e por que eu sonho tão assim? Só não esqueçam que isso pode ser uma forma da gente resumir e manter a ligação. Tem coisas que a gente fala numa ligação, num bar, num email, num sms ou pra 582 amigos ou então só para 9 e, quando for o caso, a gente escreve. Sei lá…

  2. minhaslinhastortas disse:

    E-mail meu você não responde, né calhorda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s