Prece

No primeiro Natal que estou longe, que ele seja muito mais que uma data, que ele seja um sentimento bom como se sentir em casa ainda se esteja a quilômetros de distância.

Que ele seja como a sensação de estar acolhido pelo mundo e pelas pessoas que você escolheu.

No primeiro Natal que estou longe estou animada como há tempos. E não tem furor é uma paz tranquila de quem sabe que vai ter tempo. De quem sabe que o amor me espera se eu o busco acima de todas as coisas. De quem sabe que tudo que é meu está guardado em seu lugar.

Eu sonhei, esperei, procurei e por hora encontrei. Estou trabalhando como sempre quis: com fé na minha voz e no mundo. Vejam só vão me pagar para ajudar a espalhar poesia por aí. Pela minha lei é de milagres assim todo Natal deveria ser feito.

No primeiro Natal que estou longe o meu desejo para todos nós amigos é que a esperança de se sentir em sempre em casa por todos os dias da nossa vida, independente de onde nos encontrarmos, nunca se perca. Amém.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s