Arquivo do mês: novembro 2011

“botei na peneira e não passou”

Não é silêncio, é menos palavra. Deve ser economia, filtro e balança. Eu não sei também, me dê mais um tempo que eu ainda tô observando. Sabe aquela distância que separa as duas extremidades de uma gangorra? Então. Tem uma … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , | 1 Comentário

Notável, só que ao contrário

Posso ver nos noticiários da TV e nos principais jornais: “Rotina faz mais uma vítima fatal! Foi reduzido a pó.” Foi-se tão cedo, mas esperou tanto tempo. Nada de e-mails com propostas, mensagens de texto que não sejam da operadora … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , | 2 Comentários

De Lucijone para o poeta

Estou em casa para comemorar minhas vitórias e meus fracassos. É aqui que me reconheço. Por que metade de mim é alegria irresponsável e a outra metade preocupação com coisas que não tenho domínio. Uma parte é fé, confiança de … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , | 2 Comentários

Um lugar

Decidi não pensar no meu novo lugar em outubro, mês que me aconteceram muitos imprevistos e poucos minutos para refletir. Então, em novembro, passei a cultivar um leve desespero. Incrivelmente, depois de ter dormido na sala tanto tempo, depois de … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Descobri o responsável pelas bênçãos na minha vida…

Tenho vivido uma fase repleta de bênçãos… Até ontem tudo podia ser resumido em três palavras: Paz de espírito. Não é a toa que dizem a vida é feita de momentos. Porque quando parece que você tem todas as respostas, … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 6 Comentários