Outros outubros virão

“Conta aí, vai, sua vida em 5 linhas”. É a forma de comunicação que eu mais gosto. Resume a vida nos pontos mais importantes, transforma meses externos e internos em flashes, muito bem editados. Fácil, fácil as 5 linhas viram 5 tópicos, afinal, uma linha é muito pouco para se falar da inconsistência do trabalho, das desventuras do amor, das mazelas (nossas ou próximas), do ideal que nos tira da cama toda manhã e da vida, como um todo.

Meu último tópico, na última vida em 5 linhas, revelou a minha puta fase de autoconhecimento. De repente eu me entendo. “São Paulo faz isso com a gente”. Talvez. Ou talvez os 26 batendo à porta também façam isso com a gente. Minha psicóloga costumava dizer que minha canseira quase imediata das coisas poderia durar até os 25 anos, quando, geralmente, começa o amadurecimento pessoal. “Ou então?” Ou então sou uma inconformada crônica, com todos os pesos dos prazos de validade. São eles que me fazem largar as coisas, jogá-las para o alto, amassá-las em papel e desamassá-las em um perfeito origami em formato de navio. Pra me arrastar para longe.

De repente, meus prazos de validade não estão vencendo, tornam-se menos fugazes. A realidade torna-se menos fugidia, porque antes, ao cansar-me dela, era só inventar uma outra realidade para se perder. Agora, olho no olho, nos tateamos e perguntamo-nos, sem desconfiança: quem é você e o que você quer de mim?

Sabem, o inconformismo não passou, muito menos a coisa que cutuca me deixou. A necessidade da fuga imediata, talvez. O fato é que fugindo eu me dei orgulho, fugindo eu dei até (quem diria) exemplo. Eu gosto bastante da Tatiana fujona. Gosto também da Tatiana pé no chão. Mal posso esperar pelo próximo inferno astral.

Postado por Tatiana Lazzarotto. Ainda acredita nas pessoas e que um dia se preocupar com os outros não será tamanha exceção para render matéria de jornal. Anda com fé, de metrô, de salto baixo e meio desiludida com a profissão. Ainda sonha em escrever um livro, embora só tenha dele o título.


Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Outros outubros virão

  1. Lis Sayuri disse:

    ué, será que é são paulo ou os 26?

  2. Tatiana disse:

    Não sei Lis, Também queria saber! Haha

  3. Regina disse:

    são os 26, juro.
    estamos no nosso auge!

  4. Samara disse:

    E eu com 27 passei dele??rsrsrs
    É ultimamente ando tão feliz que esqueço de refletir sobre o que realmente a vida quer de mim!!
    Seja lá o que for…espero que ela espere…pq estou muito ocupada para neste momento parar para pensar..rs
    Amigaaaa SP ainda promete grande emoções pra você….com direito a minha visita…rsrsrs
    Se cuida..
    bjo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s